quarta-feira, 11 de julho de 2018

Qual a mensagem da sua história?


Quando comecei a estudar sobre roteiro, tudo o que eu queria era escrever um grande filme ou série. Contudo, antes mesmo de colocar a primeira palavra no papel temos muito o que fazer. Vamos começar com uma premissa básica: o tema de uma história. Ou melhor dizendo, qual a mensagem  que queremos passar com essa história.



A função básica de qualquer história é transmitir uma mensagem ou um conjunto de mensagens. Robert McKee em seu livro “Story –Substancia, estrutura, estilo e os princípios da escrita de Roteiro” diz que “uma boa estória significa algo que vale a pena dizer e que o mundo queira ouvir” (MCKEE, Robert. 2006, p. 32). Se refletirmos sobre nossos filmes e series favoritos, podemos perceber algumas mensagens que os autores querem transmitir. Toda história revela um ponto de vista.

Segundo Syd Field, Chinatown por exemplo revela uma perspectiva de Towne: “Você tem que ser rico para matar alguém, qualquer um, e sair disso impune”. No curso Pixar in Box da companhia Khan Academy em parceria com a Pixar, o criador de Monstros S.A. diz que se o filme fosse só sobre monstros assustando crianças para gerar energia logo as pessoas perderiam interesse. Mas Monstros S.A. é muito mais que isso. O filme narra a trajetória de um homem em se tornar pai. Através do filme o autor transmitiu uma mensagem que ele estava aprendendo e sentiu que o mundo precisava ouvir.

A função da mensagem


A mensagem da sua história tem duas funções básicas: fazer o publico pensar e fazer o público sentir. Como Robert McKee diz em seu livro já citado anteriormente:

“Quando uma ideia se junta a uma carga emocional, se torna o que há de mais poderoso, mais profundo, mais memorável. Você pode esquecer o dia em que viu um corpo morto na rua, mas a morte de Hamlet lhe assombra para sempre”
(MCKEE, Robert. 2006, p. 115).
   Juntos, fazer o publico pensar e sentir incita uma nova visão de mundo. A pessoa termina de ver seu filme e descobre uma nova percepção da realidade. Como disse na análise do roteiro de “Corra!”, o filme nos faz questionar sobre as diferentes formas de racismo disfarçados de elogios e nos causa um sentimento de paranoia diante de situações que negros passam com frequência.


   O que chamamos de Tema, McKee prefere chamar de “IDEIA GOVERNANTE”, pois, segundo ele, tema é algo muito abrangente. Para Robert, “um verdadeiro tema não é uma palavra, e sim uma sentença” (MCKEE, Robert. 2006, p. 118). Uma ideia governante bem elaborada auxilia na hora de escrever uma história.

   Há diversas ideias que podem ser usadas como mensagem em um filme:
·         A justiça prevalece quando o policial é impiedoso e implacável (Tropa de Elite)
·         A família e mais importante que trabalho ou ambições (Click)

   Sua história não precisa ter apenas uma mensagem. Os filmes citados acima com certeza não tem apenas essas. Porém, mesmo que tenhamos muitas mensagens que queremos e podemos passar, precisamos sempre nos ater a uma ideia central que guiará a trama. As demais ideias podem ser trabalhadas nas subtramas da história.

   Quando você sabe a mensagem de sua história, o cenário, a estrutura, os diálogos, as cores e até os ângulos da câmera ganham uma direção. Até mesmo uma fotografia ou uma pintura nos conta uma história ou nos passa uma mensagem. E se o cinema é uma história contada através de imagens, a história tem que acontecer também nas imagens e cenários ao redor do personagem.

Processo criativo



   Dificilmente pensamos ou conseguimos nos manter fielmente à nossa mensagem principal. Na verdade, é muito difícil pensar em uma mensagem que queremos passar com uma história.

   O processo criativo e a inspiração podem vir de diferentes formas. Acontecimentos em nossas vidas, outras histórias que ouvimos ou imaginar “O que aconteceria se...”.  Se você ainda não sabe a mensagem de sua história não se apavore. Escreva. A história pode revelar à você a mensagem que ela passa.

   E você? Consegue observar qual ou quais mensagens os filmes que assistem querem passar? E sua história? Qual é a mensagem de sua história? Ou melhor, o que você tem a dizer para o mundo com essa história?


                                  

Nenhum comentário:

Postar um comentário